Que aula vagabunda é esta que não se pode conversar?

>> terça-feira, 21 de julho de 2009

Permito-me sair dos meus lençois e cobertores com cheiro de férias para vir aqui postar uma entrevista bastante interessante dada à Radio Câmara, pelo professor da USP Vitor Henrique Paro sobre a nossa velha e ultrapassada educação, com ênfase a educação das crianças.
Aqui, alguns fragmentos da entrevista e logo abaixo, o vídeo com a entrevista na íntegra.

"Os alunos são expulsos da escola. Os alunos, os pais, querem estudar. Acontece que a escola é muito ruim, a escola, salvo raras exceções, não atende as necessidades e os anseios nem da população e muitíssimo menos dos alunos. Então se um lugar que é a escola, que seria um centro de cultura, das coisas mais necessárias e que o homem mais tem interesse, que é apropriar-se de conhecimentos, valores, ciência, filosofia, artes, compor a sua personalidade, transformar-se. Se esse lugar é recusado pelo aluno, é porque esse lugar não está atendendo a esses objetivos."

Vítor Paro destaca que a escola usa métodos de séculos atrás, sem conseguir construir no aluno o desejo de aprender. Levar o aluno a aprender a querer aprender é o primeiro mandamento da didática.

"A própria escola que é organizada em salas de aula já é um modelo antigo. Há mais de 70 anos, - quem lê Piaget, Vygotsky - esse pessoal todo do século 20, foram feitas pesquisas que a pior forma de ensinar uma criança, até por volta de 11, 12 anos, é alguém que explica e ela que ouve. (...) Suponhamos que a escola devesse passar só conhecimentos, que é o que a nossa escola se propõe, mesmo isso precisaria ser passado de uma forma integral, de uma forma interessante, de uma forma que levasse a criança a querer aprender. E a pior forma de ensinar é botar as crianças sentadas, isso não é forma de ensinar, isso é um sacrifício."

Vítor Paro diz que é um crime de lesa-pedagogia colocar crianças sentadas e confiná-las numa sala de aula durante 4, 5 horas por dia. Para o educador, essa é uma forma de fazer com que a criança odeie o ensino.

"A criança só se prepara para viver se ela viver bem. Viver bem para a criança significa brincar. Então a escola, antes de tudo, deveria ser um lugar onde se pudesse brincar. A primeira coisa que as nossas escolas, baseadas em métodos jesuíticos ainda, do século 16, 17 é proibir a criança de brincar. Não pode conversar com o outro, não pode conversar na aula. Que aula vagabunda é essa em que não se pode conversar? A escola está toda estruturada para um ensino atrasado. A escola devia estar estruturada em turmas pequenas de crianças, que fossem orientadas por adultos, mas que tivessem o adulto no seu próprio nível. ... Porque é diferente? Existem zilhões de métodos novos que ensinam a criança a brincar. Não é difícil, é muito fácil, e dá para ensinar toda a matemática e geografia, muito mais do que se ensina hoje, e dava ao mesmo tempo para desenvolver a personalidade da pessoa."



Fonte: http://esquisitadri.blogspot.com/

2 comentários:

Anônimo 22 de julho de 2009 06:38  

Caro Laranja mecânica,
Estamos um um sociedade que é muito interessante para todos que os alunos aprendam a ficar calados e sentados. Afinal, o que seria da nossa sociedade se todos opinassem e tivessem voz ativa?
É de fato uma prostuição ( se é que essa é uma boa palavra) pedagógica o que nós professores fazemos. Pois somos idealistas, politizados e nos vendemos a uma sociedade mesquinha, liberal...

Experimente ir na contra mão do ensino...emancipe seus alunos, diga não a disciplina autoritária e busque a reflexão do grupo...Ah...Também esteja preparado para ouvir muitos NÃOS de pais, alunos e colegas de trabalho. Experimente ser o professor que não tem domínio da turma, que a sala é mais barulhenta...

De uma vez por todas, quando seremos capazes de perceber que nào temos domínio uns dos outros? Que todo esse esforço pedagógico de dominação só acaba matando o pouco que nos resta de uma educação verdadeiramente "educare", emancipadora e libertária...
Mas parece que não andamos interessados nisso...

Peixinho dourado

DESCARGA PEDAGÓGICA 22 de julho de 2009 07:33  

MEC Chicken, peço-lhe desculpas... Atitude típica de peixinho dourado mesmo! O comentário era para você...

About This Blog

Lorem Ipsum

  © Free Blogger Templates Digi-digi by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP